O futuro das profissões e dos negócios

Postado em Blog, Comunicação, Cursos, Educação, Empreendedorismo, Inovação, Marketing, Tecnologia

O futuro das profissões e dos negócios

2018-03-23 07.49.30

Palestra sobre FUTURO DOS NEGÓCIOS que dei na CAMPUS PARTY:

Novas tecnologias sempre tiveram grande influência na dinâmica do mercado. Computadores pessoais, internet banda larga, linhas de produção automatizadas e smartphones são alguns exemplos de tecnologias que ajudaram na transformação de setores inteiros e com isso redefiniram quais competências profissionais seriam mais demandadas pelas empresas no passado.

 De acordo com o Fórum Econômico Mundial, 65% das profissões que as crianças de hoje terão no futuro ainda não existem. Consequentemente, muitas das atuais ocupações devem perder relevância e, nos casos mais extremos, deixarem de existir.

Falo um pouco sobre isso nessa entrevista para Globo sobre o FUTURO DAS PROFISSÕES :

A diferença do momento atual para o que aconteceu no passado é que agora as transformações estão bem mais rápidas. Muitas vezes, para uma profissão perder relevância e se tornar obsoleta era um processo que levava décadas. O problema desse aumento na velocidade das mudanças é que nós, enquanto sociedade e como indivíduos, não estamos preparados para isso.

“Se não nos prepararmos adequadamente, a inovação digital destruirá nossa empregabilidade mais rápido do que seremos capazes de mantê-la”

Nosso sistema de ensino e a estrutura das organizações foram idealizados para favorecer a especialização em detrimento da multidisciplinaridade. Mas para um mundo onde a inovação se tornou uma questão de sobrevivência, conhecimentos e experiências que permitem múltiplos pontos de vista são cada vez mais efetivos na resolução de problemas e na identificação de oportunidades. Consequentemente, profissionais com perfil mais multidisciplinar estão ganhando terreno na competição pelas melhores vagas nas empresas.

Nesse outro vídeo falo sobre AUTOMAÇÃO DO TRABALHO e seu impacto no FUTURO DAS PROFISSÕES:

Isso abre espaço para o que chamamos de CARREIRA EM T, onde o profissional do futuro precisará se tornar um ESPECIALISTA MULTIDISCIPLINAR para poder explorar os pontos fortes de ambos os modelos.

Nessa outra entrevista falo sobre esse e outros assuntos ligados à TRANSFORMAÇÃO DIGITAL.

Além disso, precisaremos cada vez mais entender dessas tais TECNOLOGIAS EMERGENTES. Você não precisará ser um super especialista em computação quântica ou em inteligência artificial, mas precisará entender suas implicações e impactos para empresas e mercados. Tudo indica, que aqueles profissionais que não se prepararem para essas transformações se tornarão obsoletos rapidamente em um futuro próximo.

Nesse outro post você encontrará alguns vídeos (que gravei durante a SXSW desse ano), onde abordo algumas tecnologias emergentes com alto potencial disruptivo para o mundo do trabalho.

http://www.marcelominutti.com.br/blog/sxsw-2018-destaques-do-maior-evento-de-inovacao-do-planeta/

Outro caminho para manter a empregabilidade em alta é trabalhar sua PRESENÇA DIGITAL PROFISSIONAL e atualmente o melhor serviço online para isso é o Linkedin. Para aqueles que gostariam de aprimorar o uso da plataforma para o uso profissional, segue um vídeo que gravei com Renata Fontana, diretora do Linkedin no Brasil, onde apresentamos várias dicas relevantes sobre isso.

http://www.marcelominutti.com.br/ultimas-noticias/dicas-eficazes-para-utilizar-o-linkedin-em-estrategias-de-networking-digital/

Pensando em ajudar os profissionais que queiram se preparar para esse futuro inevitável, criei em 2011 (em parceria com o IESB) o MBA MARKETING E COMUNICAÇÃO DIGITAL em Brasília/DF. O objetivo do programa é desenvolver NOVAS COMPETÊNCIAS DIGITAIS alinhadas com todas essas transformações que citei anteriormente.

 

 

Deixe uma Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>